sexta-feira, 4 de março de 2011

Meu cachorro favorito

Não poderia deixar de fazer uma homenagem ao mais simpático de todos os cachorros do mundo dos baden-dessiné: Milou, o grande companheiro de Tintin =)
E viva a nona arte!!!

Um toque de sensibilidade


Pessoalmente eu admiro muito aqueles que conseguem manter uma alma infantil mesmo depois de chegar à maturidade, isso mostra uma visão sensível diante da vida.
Esta semana tive a feliz oportunidade de conhecer um pouco mais da arte e da vida de um homem que soube ver a vida através de olhos generosos, humanos e repleto de bom humor: Hergé, o grande autor de Tintin.
Visitar o Museu Hergé em Bruxelles é reviver nossa infância e ao mesmo tempo é uma oportunidade de refletir sobre valores que pouco a pouco estão se perdendo: amizade, solidariedade, companheirismo etc. Fica a dica para aqueles que pretendem visitar a cidade